Eixos de prevenção contra a violência

 

A criança e o adolescente têm direito a uma educação que promova o seu desenvolvimento pleno e saudável.

 

Precisamos TODOS pensar e agir coletivamente para a prevenção a todo tipo de violência, inclusive a violência (abuso) sexual na infância.

 

A PREVENÇÃO SÓ É EFETIVA QUANDO A VIOLÊNCIA NÃO ACONTECE.

 

 

CICLO DA PREVENÇÃO OU EIXOS DA PREVENÇÃO

 

A prevenção é realizada em 4 eixos: Observar, ensinar, orientar e notificar.

 

 

PRIMEIRO EIXO - OBSERVAR

 

O abusador vai observar a criança para cometer a violência.

 

Nós vamos observar a criança para evitar a violência.

 

Sinais: Mudanças comportamentais, emocionais, fisiológicas, escoriações, (arranhões, machucados), hematomas (manchas roxas), queixas de dores, interesse repentino de um adulto pela criança, negação da criança em ir com um adulto, atrasos no comportamento.

 

 

SEGUNDO EIXO - ENSINAR

 

Ensinar a criança as partes íntimas do corpo com os nomes corretos, a tomar banho e ir ao banheiro sozinha, ensinar a ela que tem pessoas de confiança a quem ela pode pedir ajuda em alguma situação de perigo, ensinar autoproteção, respeito ao seu corpo e ao corpo do outro, ensinar o auto cuidado, fortalecer os vínculos de confiança e afetivos, falar sobre o tema violência e como evitar, ensinar a criança a dizer não, sempre usar os nomes corretos das partes do corpo.

 

 

TERCEIRO EIXO – ORIENTAR

 

Orientar a criança a gritar se alguém tocar em suas partes íntimas, ou agredí-la, a pedir ajuda a alguém de confiança, a não cumprimentar adultos com beijos e abraços, a não tocar em estranhos e não permitir que estranhos toquem nela, a não acompanhar nenhum adulto sem a permissão dos  pais, não receber presentes de estranhos, não parar na rua pra dar informações, não guardar segredo, deixar claro que a criança não será punida se algo acontecer, conversar com as crianças sobre sentimentos de culpa e de medo e como enfrentá-los, explicar à criança que, aconteça o que acontecer, ela é só uma criança, não tem culpa, e precisa ser cuidada e protegida. O adulto jamais deve duvidar da criança.

 

 

QUARTO EIXO - NOTIFICAR

 

A notificação é muito importante porque diminui a subnotificação, gerando dados para implementação de políticas públicas que efetivam os outros 3 eixos, evitando as subnotificações e validando as garantias de direitos.

 

Uma suspeita já é um caso e pode ser notificado

 

A suspeita só é possível através do primeiro eixo, que é a observação.

 

Notificação:

 

Disque 100. A denúncia pode ser anônima.

Vá a Delegacia da criança e adolescente ou Conselho tutelar - a denúncia vai ser notificada e seguir o fluxo de atendimento. A pessoa que notificou vai ter acesso ao que está acontecendo e a família e a criança serão monitoradas.

 

A notificação é muito importante, mas percebemos que a observação precisa vir primeiro, para evitar injustiças. Tendo certeza de que a criança está inserida em uma situação de violência e se todo mundo ficar atento e observar, alguém pode perceber algo que ninguém havia percebido ainda. Desta forma se pode ajudar uma criança a sair de uma situação de risco e vulnerabilidade.

 

 

FATORES QUE IMPEDEM A NOTIFICAÇÃO E INSEREM A CRIANÇA EM SITUAÇÃO DE VIOLÊNCIA

 

FATORES ECONÔMICOS

 

Desigualdade

Renda

Moradia

Pobreza

 

FATORES SOCIAIS

 

Falta de estrutura

Dificuldade de acesso à escolarização e educação formal

Exclusão social

Saúde

Segurança

Formação

Trabalho

Educação

 

FATORES ESTRUTURAIS

 

Sociedade patriarcal

Machista, racista, classista

Preconceito

Falta de políticas públicas

O adulto jamais pode duvidar da criança.

 

Adicção (uso de drogas) e alcoolismo como um fator de risco para as crianças, tanto para abusar como para negligenciar os abusos.

 

Não existe um perfil de abusador - ele pode ser qualquer um. Não há um tipo característico.

 

Os adultos se reúnem em festas onde pode ocorrer uso de álcool e outras drogas, deixando as crianças vulneráveis a situações de violência.

 

A maioria das violências ocorridas com as crianças acontecem em ambientes de festas, como aniversários e churrascos, onde há uso de bebidas alcoólicas.

 

 

INVISIBILIDADE SOCIAL

 

Tema oculto/tabu

 

O fator socioeconômico é um dos fatores de impedimento.

 

Muitas famílias não denunciam porque o abusador agressor sustenta a família, ou oferece dinheiro para manter o segredo.

 

 

SINAIS SINTOMAS DE ABUSO

 

Introspecção

Agressividade

Brincadeiras com conotações sexuais

Mudanças comportamentais

Fisiológicas

Emocionais

Atrasos no comportamento

Lesões pelo corpo

Dificuldade na escola

Dificuldade de socialização

Negação de ir com adultos

Choro fácil

Irritabilidade

Autolesões

Introspecção

Insônia ou sonolência

Medos infundados

Agressividade

Falta de apetite

Ansiedade

Vômitos

NÃO DE CALE. DISQUE 100.

folha bullet.png