Carta aos cuidadores

Se esse material chegou até você e nesse momento você se prepara para usá-lo com uma criança: OBRIGADA! 

 

Obrigada por se preocupar com ela.

 

Obrigada por querer protegê-la.

 

Obrigada simplesmente por saber que o conhecimento desse conteúdo simples pode fazer muita diferença na vida dessa criança.

 

É por tudo isso que vamos chamá-la/o de “PROTETOR/A”.

 

Seja você uma mãe, um pai, uma madrasta, um padrasto, um parente, uma professora, uma amiga, um irmão, você – para nós que pensamos esse material com tanto carinho e cuidado – é o protetor de uma criança.

 

É por isso que antes de tudo queríamos dizer que estamos felizes demais por você existir e fazer a diferença na vida dela.

Carta aos pais

Não tem nada mais importante no mundo para nós do que nossos filhos desde que eles nascem.

 

Mas eles crescem e, por mais que a gente queira protegê-los, não podemos estar perto deles o tempo todo.

 

Sempre que ouvimos histórias de violência sexual contra crianças dá um frio na barriga...

 

Mas nosso próprio medo e nosso constrangimento em falar sobre o assunto com as crianças faz com que a gente se convença que coisas como essas nunca vão acontecer com nossos filhos.

 

Muitos de nós não passamos pela experiência de conversarmos sobre o tema com nossas famílias quando pequenos e não sabemos como nem por onde começar.

 

Só que fingir que o perigo não existe e deixar de alertá-los para os perigos da vida só os torna mais vulneráveis do que já são.

©Eu Me Protejo 2020
  • Facebook
  • Instagram
  • Twitter
  • YouTube